BLOG

Tibete: tradições e costumes

Formado por cadeias montanhosas, o admirável mundo do Tibete é algo que vale a pena conhecer e explorar. Aqui ficam alguns dos principais costumes e tradições desta cultura, absolutamente fascinante.

Tibete- tradições e costumes

É no topo das montanhas dos Himalaias, o mais alto ponto do mundo, que se encontra o admirável mundo do Tibete. Um país cheio de luz, vida, e muita paz.

Aqui ficam alguns factos, que vale a pena conhecer e/ou recordar, sobre os principais costumes e tradições, enraizados na cultura Tibetana:

– No Tibete, é sinal de respeito e de cortesia um local cumprimentra um visitante colocando as mãos em frente ao peito (palma com palma) ao mesmo tempo que deita a língua de fora. Uma forma de retribuir este simpático gesto é pôr as mãos em frente ao peito e dizer “Tashidele”, que é uma forma de desejar “boa sorte”.

– Em linhas gerais, existem 3 religiões principais na cultura Tibetana: o Budismo (praticado por cerca de 20% dos tibetanos, o Bon (praticado por cerca de 7% da população) e a religião Muçulmana (praticado por cerca de 3%).

O Budismo sendo a religião mais disseminada no Tibete, tem exercido uma influência particularmente forte na cultura Tibetana, desde a sua introdução no início do 7º século até aos dias de hoje.

Os missionários budistas, provenientes essencialmente do Nepal e da China, trouxeram inúmeros costumes, artísticos e não só, e tradições, que são hoje das mais conhecidas e praticadas.

– No Tibete, mais de 95% da população fala tibetano. Contudo, os tibetanos encontram-se em enorme desvantagem em termos de educação, relativamente aos seus colegas chineses.

A escola secundária é predominantemente ensinada em Mandarim e os exames de acesso são em chinês.

As tradições e costumes, ou como lhe queiramos chamar, são na realidade a identidade de uma nação e de um povo. E no caso do Tibete, são de facto, absolutamente contagiantes.

Contudo, a verdade é que para ter uma noção perfeita do que significam, é essencial vivê-las e senti-las bem de perto. Visite o Tibete e deixe-se fascinar pela magia desta cultura tão particular.